Publicado por: Lourival Dias | 08/05/2009

A história do D&D

O jogo mais conhecido de RPG, certamente é Dungeons & Dragons. O jogo Dungeons & Dragons, mais conhecido como D&D foi criado por Gary Gygax e Dave Arneson como um jogo de estratégia avançada de fantasia nos anos 70, mais precisamente em 1974, quando foi lançada a sua primeira edição, e acabou por dar origem a todo o conceito de RPG (jogo de interpretação, no original Role Playing Game). O jogo surgiu no auge dos jogos de estratégia militar (War Games), nos quais cada jogador controla tropas inteiras de soldados em uma guerra, geralmente ambientada no mundo todo ou em continentes inteiros. Nesse momento surgiu na mente destes incríveis mestres a idéia de criar um jogo em que cada jogador, ao invés de controlar um grupo de soldados, controlaria somente um personagem e as batalhas seriam feitas corpo-a-corpo, homem a homem, e não através de várias lutas inclusas em uma como acontece nos War Games.

A imaginação continuou, porém com um quê a mais, como o jogo foi criado no mundo da fantasia raças foram criadas, magia se tornou algo comum e mundos inteiros surgiam da imaginação. Dungeons & Dragons, o qual antes de se chamar assim foi denominado de Chainmail (cota de malhas) e então os dois mestres remodelaram algumas coisas até surgir o Dungeons & Dragons original, tem como tema a fantasia medieval, o gênero também é conhecido como espada-e-magia, um termo que se perdeu com o tempo. Esse tema é inspirado nos contos de fadas e lendas do norte da Europa, os quais também influenciaram a obra de J. R. R. Tolkien (autor de O Senhor dos Anéis, O hobbit, O Silmarilion e outros livros de fantasia medieval). D&D, por sua vez, influenciou uma miríade de outros jogos (principalmente eletrônicos) e rendeu até um desenho animado de mesmo nome, conhecido no Brasil como Caverna do Dragão. Ao longo das décadas, o sistema tem se aperfeiçoado sem parar. Pela sua editora TSR (Tactical Studies Rules), Gary Gygax lançou os sistemas D&D, a 1ª edição (1974), AD&D, Advanced Dungeons & Dragons (1989) e AD&D 2a edição (1995), edição revisada e expandida das regras do primeiro AD&D, sem falar de toneladas de livros de monstros, cenários de campanha, magias, itens mágicos, jogos eletrônicos etc, os quais futuramente falarei mais aqui.

No fim da década de 90, a TSR foi comprada pela Wizards of the Coast (WotC), editora do bem-sucedido jogo de cartas colecionáveis Magic: The Gathering. Em 2000, a WotC lançou o sistema D&D 3ª edição, que teve o sistema de regras completamente reformulado, uma revolução no jogo. O sistema de regras foi chamado d20 System e caracteriza-se por ter uma mecânica geral simples, baseada no princípio de que jogadas/testes são sempre do tipo 1d20 + modificadores aplicáveis que deve superar ou igualar-se a uma Classe de Dificuldade (CD). Descrever todos os avanços e melhorias do d20 System em relação às versões anteriores de D&D necessitaria de uma análise mais extensa do que convém aqui; basta dizer que o aquele sistema de regras era sem sombra de dúvida o de mecânica mais simples, integrada e robusta, que eliminou a necessidade de “mecânicas opcionais” embora ainda permita um excelente grau de personalização.

O d20 System também trouxe uma proposta similar à do GURPS (Sistema de Interpretação Genérico e Universal), ou seja, ser um sistema genérico que possa ser usado por qualquer jogo (evitando que para cada jogo tenha-se que aprender novas regras), mas tem uma diferencia crucial: é licenciado gratuitamente para uso público sob os termos da Open Gaming License (Licença de Jogo Aberto), de modo que qualquer editora pode publicar jogos com as regras do d20 System. O sistema é descrito nos SRD (documentos de referência do sistema), que podem ser obtidos no site do d20 System da WotC. O d20 System tem tido um sucesso estrondoso e dentre os títulos lançados podemos citar Call of Cthulhu, d20 Modern, Star Wars, Sword & Sorcery e Wheel of Time.

Em meados de julho de 2003, a WotC lançou uma revisão de D&D 3ª edição, que vem sendo conhecida como D&D 3.5. Essa revisão trouxe textos mais claros e melhorias no sistema como um todo (questões como elementos mal-feitos, conflitantes ou que resultavam em situações de desequilíbrio, principalmente). O problema destas últimas edições que vem ocorrendo desde a 3ª edição para hoje é falta de textos mais descritivo e pseudo-literário, como os da TSR; embora os sistemas de regras da TSR fossem bem inferiores aos da WotC, os livros eram mais agradáveis de se ler na medida em que descreviam muito bem a realidade do mundo do jogo, coisa que a WotC negligencia muito. Mas não há nada que nos impeça de consultar os livros antigos e aplicar o que há lá nas nossas campanhas atuais seja em qual sistema for.

Atualmente estamos experimentando a era do D&D 4ª edição, o qual fora lançado em 2008. Esse novo sistema de regras é baseado principalmente em estratégias de movimentação e de utilização de poderes, os quais todas as classes possuem, que devem ser bem empregados para um melhor aproveitamento durante o jogo. Muitas mudanças aconteceram, muitas delas bastante drásticas, da última edição para esta, as quais tomarei conhecimento aqui em postagens futuras. Enfim, atualmente, com as revistas Dragon e Dungeon muito material de apoio é lançado para os jogadores e mestres dando mais opções para seus personagens e para suas campanhas em geral.

No ano passado no dia 4 de março morreu Gary Gigax e esse ano no dia 7 de abril morreu Dave Arneson, com eles muito da história do D&D é perdida, mas com certeza o D&D será por muito e muito tempo o nosso jogo preferido. Nas futuras postagens falarei mais sobre a vida destes grandes mestres do RPG. E assim a história continua.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: