Publicado por: reignomo | 08/09/2010

[Reporte de Sessão – 2] O Mistério de Tornhill

Na sessão anterior (o Misterio de Tornhill: Sessão 01) os jogadores enfrentaram kobolds atrás do paradeiro dos animais do fazendeiro de Tornhill. No final da caverna dos kobolds, foi achada uma porta diferente que abriram e deu acesso a um conjunto de salas de uma antiga construção. É neste ponto que iniciamos nossa segunda sessão do Mistério de Tornhill!

A porta que descobriram chamou atenção dos mais espertos por possuir um conjunto de indícios que a destacava de uma simples porta ou de uma simples vedação criada pelos kobolds. Esta porta, agora entreaberta, possuia uma fechadura elegante e bem trabalhada por um antigo artesão. Os detalhes na face da porta mostravam que ela foi bem construída com ornamentos requintados, mas que estavam sofrendo a ação da umidade e mofo.

Ao iluminarem o ambiente, descobriram um local diferente do que já haviam visto. O corredor tem de 3 a 4 metros de altura, as paredes têm belos relevos decorando a superfície e um piso que mostra ter sido encomendado pelo proprietário do local.

Decoração e requinte estético estavam por todo local. Mas tudo foi abandonado à ação do tempo.

Poeira e desgaste reinavam sobre as paredes e chão. Marcas de sangue manchavam o piso que antes ostentava o status do antigo morador. Alguns restos de tapeçaria ainda podiam ser encontrados no chão e nas paredes assim como antigos castiçais agora estavam enferrujando-se, pouca coisa teria o valor que tivera.
Isso não desagradadou os personagens mais que o cheiro que vem carregado pelo ar: podridão, mofo e azedume de 1000 cachorros eram os aromas dominantes.
Hora ou outra ouviam murmurinhos e barulhos estranhos. Havia silêncio no ambiente, mas ele era quebrado por sons misteriosos vindo de diferentes direções, de diferentes cômodos espalhados pelos corredores.
O local parecia ser grande, mas o mistério que o cercava era ainda maior.

Apesar de suas tentativas os jogadores logo entraram em combate com kobolds que resgardavam o corredor. Mas mesmo assim foram sagazes o suficiente para não fazerem nenhum barulho. Mas em uma sala ao lado encontraram outro grupo de kobolds que lhes obrigou a produzirem uma batalha considerável alertando a todos na região. Logo um kobold armado com cutelo saiu e atacou os personagens levando-os a uma armadilha que incenerou boa parte dos aventureiros. Durante esses combates, Sarah teve uma desavença com o restante do grupo e logo se afastou para andar sozinha pela escuridão. Inocentemente ela abriu uma porta onde era um dormitório de muitos kobols! Eles atacaram os aventureiros que ficaram muito fracos após o ataque. Sarah quase morre e o restante fica muito fraco para seguir em frente.

Viram que luzes saíam de uma das portas ainda fechadas, mas preferiram se recompor em uma sala antes de se arriscarem em outra batalha.

Na próxima sessão os aventureiros continuarão a investigação destas salas em busca da verdade oculta neste local. Será que conseguirão manter seu grupo unido e forte o suficiente para outros combates?

Veremos na próxima sessão!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: