Publicado por: Lourival Dias | 28/05/2017

[Reporte de Sessão] Fortaleza no Pendor das Sombras (Sessão 2)

Os aventureiros acordaram em um quarto, em colchões de palha, com uma mesa no canto com uma jarra de água e uma única porta de madeira. A única iluminação desse quarto provinha de um lampião pendurado à parede. Não sabiam quanto tempo havia se passado desde o encontro com os kobolds ou mesmo onde estavam.

Logo que os sentidos começaram a retornar aos aventureiros perceberam uma música alegre e vibrante acompanhada por vozes altas e extravagantes vindas do que poderia ser o andar de baixo.

Skahr, Mushira e Grimm se aprumam, roupas e armas jogadas em um canto são logo equipadas, ainda com um pouco de tontura saem do quarto e se encaminham por uma escada, a única presente ali, para o andar de baixo onde se veem diante de uma hospedaria bastante movimentada.

Os odores de comida logo penetram suas narinas lembrando a todos que tinham fome.

Ao se aproximarem do balcão foram recebidos por uma senhora, certamente a dona do lugar pelo modo com que falava com os outros serviçais.

– Clidas! Clidas! Sirva os rapazes!! Acabaram de acordar, coitados!! Dizia a proprietária.

Ao sentar ao balcão pediram mais informações, não estavam entendendo como chegaram até ali. A última coisa de que se lembravam era de que estavam na estrada para Abrigo do Inverno e foram atacados por kobolds.

A dona da Estalagem se apresentou como Silvana Wrafton e os informou que tiveram muita sorte, pois naquele momento passava um grupo de soldados os quais lutaram contra os kobolds e puderam trazer os aventureiros para a cidade. Estava na Taverna Paz da Atalaia da cidade de Abrigo do Inverno.

Após finalmente saber onde estavam os personagens da história fizeram algumas perguntas para Silvana Wrafton. Disseram que estavam a procura de seu mentor, Douven Staul, o mesmo estava perdido e a única informação que sua esposa conseguiu obter e a repassou para seus discípulos era de que ele fora visto pela última vez naquela cidade. Informando os traços de Staul, Silvana Wrafton realmente se lembrava de ter visto alguém parecido pela estalagem, mas que não foi de falar muito, simplesmente seguiu seu caminho.

Skahr, por sua vez, estava de conversa com um senhor que entornava canecas e mais canecas de hidromel.

– Então, vocês foram atacados pelos assaltantes da estrada? Disse o velho.

– Fomos atacados por kobolds! Rebateu, Skahr.

– Sim, sim. Esses mesmos. Vivemos em tempos difíceis com essas criaturas espreitando nossas estradas e nossas cidades.

E assim surgiu o interesse pela história do velho, o qual dizia que já há muito tempo tais kobolds viviam roubando viajantes e caravanas que por ali se aventuravam em passar e que várias pessoas também estavam sendo raptadas.

Foi aí que se deram conta. Será que aqueles kobolds estavam por trás do desaparecimento do mentor?

Enquanto confabulavam sobre foram ainda informados que o covil dos kobolds ficava próximo a uma série de ruínas perto da estrada em que vieram para a cidade, porém não sabiam como chegar lá e aqueles aldeões, mais empolgados por conta da bebida, também não sabiam onde era aquela localidade.

Foi no meio desse burburinho que um dos fregueses que estava sentado em uma mesa no canto menos iluminado do local, com vestes negras, aproximou-se e relatou de maneira quase inaudível para os recém-chegados que sabia onde encontrar os kobolds, pois sabia a localização exata do covil dos kobolds.

Ao retirar a capa que preservava sua identidade os três logo notaram a pele negra, os cabelos brancos como leite e os traços joviais e femininos, uma drow!

Após a surpresa acabaram por conhecer Ninaran, uma drow que estava no rastro daqueles kobolds, pois havia algo que a interessava e que eles haviam tomado.

Depois de conversarem mais um pouco decidiram se juntar em busca de seus objetivos e então, ainda naquela noite, partiram em busca do covil dos kobolds.

O que os aguarda é o que saberemos na próxima sessão!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: