Publicado por: Lourival Dias | 29/05/2017

[Reporte de Sessão] Fortaleza no Pendor das Sombras (Sessões 3 e 4)

Enquanto seguiam para o covil dos kobolds, voltaram a encontrar tais monstros na estrada, mas dessa vez estavam preparados e com uma ajuda mais. Felizmente, após uma batalha sangrenta conseguiram derrotar os bandidos.

Seguindo pela estrada, Ninaran guiou os aventureiros pelo meio da floresta, saindo da rota normal, passaram a caminhar o mais silenciosamente possível, pois estavam se aproximando do covil.

O covil, aparentemente, é localizado atrás de uma cachoeira, ao longe é possível ver vários kobolds entrando e saindo pelo que seria uma passagem atrás da queda d’água.

Os aventureiros partem com tudo para o combate, pelo horário pode ser que muitos estejam dormindo ou mesmo saqueando outros pontos daquela região. Há um intenso combate.

No meio da confusão os aventureiros se deparam com dois outros personagens (que mais tarde, após as apresentações, ficariam sendo conhecidos como Maximus e Tamira) que surgem do meio da floresta correndo de algo que os apavora, aparentemente. Pelo fato de entrarem no meio do combate passam a auxiliar os quatro primeiros a derrotar aquelas criaturas.

Finalmente todos os kobolds são derrotados, permitindo um tempo de descanso e de conversa entre os dois grupos.

O humano Maximus e a elfa Tamira estavam fugindo de alguns cultistas do culto do dragão. Maximus era soldado de Cormyr e estava em uma missão com o objetivo de verificar se o culto estava tramando planos diabólicos na região dos Vales. Quando fora descoberto por alguns dos cultistas partiu em retirada e então encontrou Tamira que o auxiliou em sua fuga, até que encontraram os aventureiros combatendo os kobolds.

Após um tempo de descanso ao redor da fogueira cada um dos grupos de heróis seguiu caminhos distintos, mas ainda assim Maximus e Tamira ficam por perto tanto para descansar mais quanto para avaliar melhor aqueles que encontraram, quem eram aqueles quatro? O que faziam naquela região? Os dois não confiavam naqueles quatro, pois não tinham quase nenhuma informação concreta do que pretendiam.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: